Pensamentos Escritos

Coisa que eu tenho mais bastante raiva, é não saber falar sobre aquilo que escrevo. Pior ainda é não conseguir escrever o que estou pensando. Não ser capaz de transferir cada pensamento, cada idéia, na mesma velocidade em que ela surge, me frustra de uma forma que eu acho que vocês nunca irão entender.

Tantos planos de textos, contos, história e livros já se formaram em minha cabeça. Só para terem sua morte brutalmente executada enquanto transcrevo tudo para algum lugar. Se é no papel, é o grafite que está muito bruto, e deforma as letras que precisavam sair tão belas. Se é no computador, o fundo branco exerce tamanha força repressora, que minhas idéias entram em uma espiral decadente de existência.

Queria que tivesse uma frutinha com extrato concentrado de criatividade. Dessa forma, sempre que necessário, era só correr ali do lado e catar idéias do pé. Mas idéias não faltam. O que faltam é saber plantas essas idéias pra que elas virem árvores.

Um comentário sobre “Pensamentos Escritos

  1. Da frutinha da criatividade o senhor está muito bem alimentado…
    Tem que começar a cultivar, ou melhor, praticar…
    Escrever, de qualquer forma, para se expressar, para registrar ou simplesmente, transformar em palavras tudo aquilo que passa nessa cabecinha de idéias!

    Comentamos muito esse post hj a tarde…
    Até por msn as idéias ganham proporções incríveis!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s