Não confie em Original Soundtracks

Ontem passou The Girl Next Door (Um Show de Vizinha) na Globo. E como eu não suporto as edições toscas da globo, e abomino filme dublado que não seja animação, peguei meu dvd e fui assistir paralelamente ao que rolava na tv aberta.

girl_next_door

Ta aí um filme que eu gosto bastante. Só não gosto da estranho sensação de vazio que me bate depois de assistir. Dura exatamente uma semana, eu já prestei atenção. É a coisa mais bizarra do mundo. Igual a vontade que eu tenho de pegar o carro e fazer um road trip pelo Brasil, depois de assistir à Elizabethtown. Não sei explicar, só sei que acontece.

E alimentado com essa empolgação triste que me pegou ontem, hoje eu vim baixar a trilha sonora do filme. Sim, baixar. Porque estamos no Brasil, e cd é caro!

Após ficar um bom tempo editando os arquivos, colocando letras e a capa do cd, fui repassar as músicas, pra ver se tava tudo certinho. Vou te falar, ainda bem que eu não paguei nada por ter baixado essas mp3s! Nenhuma música boa. O que é bem estranho, pois o filme tem várias trilhas que encaixam perfeitamente com as cenas, e até agora só identifiquei duas que aparecem no filme. Duas dentre dezenove! Aonde foram parar as músicas que estavam no filme?

Por fim, acho que descobri porquê eu fico tão deprê perdido depois de assistir esse filme:

girl_next_door2

Alguém me diz aonde eu arrumo uma vizinha dessas?

5 comentários sobre “Não confie em Original Soundtracks

  1. ter vontade de viajar depois de assistir ELizabethtown eu já senti! Vontade master e a gente até sente que nossa vida eh um saco! rs Agora, deprê depois de um show de vizinha?! Acho q deve ser coisa de menino…rs sem falar q achei esse filme razoavel.

    Mas ainda falando de filmes que nos fazem rever completamente nossa vida e alimentam vontades drasticamente instintivas eh o filme “Na natureza selvagem”, assiste e verás!

    beijão

    Curtir

  2. É… eu nunca tive paciência pra ver o filme…
    mas te entendo, a Elisha é bêêêim bonita =/

    mas ai… a única vontade drasticamente instintiva que Into The Wild alimentou em mim foi a de suicídio!
    fiquei de cara com o Be por um tempo, por ter feito tanta propaganda! hahaa

    sem dúvida, a mensagem é óteeeema. mas putamerda, how very depressing!
    mas, já que o tema é OS, a trilha sonora dele, pelo menos, é felomenáu! \o/
    all hail Eddie Veder!

    Curtir

  3. Completando o comentário da Fabs: vi ontem, mais uma vez, Natureza Selvagem…
    Ai, é um filme que me faz pensar na vida, sempre! Rever cada ação, cada relacionamento (não só os amorosos)…E assino embaixo do coment de Val: a trilha é felomenau!

    Se ainda nao viu, veja!!!

    É incrivel como somos influenciados pelos filmes….bom que na vida real montamos nossa trilha sonora como bem entendemos! E nem vou comentar o qnt é influente uma mudança no playlist do ipod!
    *suspiros*

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s