Da série: Eu Queimo o Meu Próprio Filme!

Tem fogo? Minha mãe achou algumas anotações que ela fazia quando eu era criança marota sapeca, com meus 3 ou 5 anos de idade. Na verdade, todo ano ela acha essas anotações, e vem lê-las pra mim como se fossem O achado da humanidade. Eu sempre rio, porque a maioria já virou piada interna da família. Se você não acharem tanta graça assim, a culpa não é minha. É da minha mãe, que sempre vem hiper empolgada contar esses casos…E a boa de hoje?

O Igor, aos 3 anos de idade ainda troca o “C” pelo “T” e o “G” pelo “D”: eu estava conversando com o Joaquim (esse é o meu pai, ok?), ao levar o Igor para a Escolinha Arco-Íris (sem piadinhas preconceituosas, ok?), quando comentei: “O Igor está levando ‘suto’ para a aula.” E ele, muito esperto, disse: “Mamãe, você falou errado! Não é ‘suto’, é suto!”

O Igor é uma criança muito levada (mentira, hein?!), conversa muito quando está no seu ambiente. E isto aconteceu na Escolinha Arco-Íris (olha o preconceito, minha gente!). A escola é separada por mesas redondas, onde sentam entre 5 e 7 alunos. Como a turminha da mesa dele estava conversando demais, a tia Ana Rita chamou a atenção, dizendo: “Oh, Igor! A sua mesa é a que mais conversa.” Então ele olhou de baixo da mesa, olhou de um lado e do outro, virou para ela e disse: “Mas tia… e mesa ‘tonversa’?”

I'm bringin' sexy back! No mesmo dia, a tia Ana Rita, contando uma histórinha, gesticulou com o braço no ar, imitando uma cobra. O Igor, muito danado, disse para ela: “Oh, tia! ‘Tobra’ não anda no ar, não! Ela anda é assim, no chão!” E colocou a mão no chão, getsiculando com uma cobra.

Mutum (MG), 17 de Abril de 1990. 3 anos e 7 meses. Igor pegou uma camisa nova e me pediu para vestí-lo. Mas como era nova, eu disse a ele que não era camisa de vestir pra ficar dentro de casa. Então ele me respondeu: “Oh, mãe… Eu ‘fito’ lá fora, então!”

Mutum, Setembro de 1990. Mais uma do Igor… A avó de uma das coleguinhas estava viajando para os Estados Unidos, e essa coleguinha comentou o fato na escolinha. O Igor, não achando nada demais naquilo, respondeu para ela: “Hmm… Eu também já fui em Lajinha!” (nota do editor: Lajinha é uma cidade que fica próxima à Mutum, cerca de 43kms)

4 comentários sobre “Da série: Eu Queimo o Meu Próprio Filme!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s