Weekend Round-Up

Apesar do feriado ter sido na semana passada, esse fim de semana foi tão bom, mas tão bom, que rendeu até post no blog… Tá, tudo bem. Eu confesso: não foi lá tão bom assim, foi até normal. Mas fica aqui o relato do que eu fiz, especialmente como dica de programação, caso a sua vida seja tão monótona quanto a minha.

Inglourious Basterds

A sexta terminou com a mais nova obra prima do Quentin Tarantino. Quem ainda não viu, é porque não é fã de Tarantino. E se você ainda não é fã do Dr. Tarantino, é porque você é tapado não assistiu a nenhum filme dele ainda. O que por si só já é imperdoável e motivo para ser chamado de tapado. Inglourious Basterds (ou “Inglórios Bastardos” “Bastardos Inglórios”, uma das poucas traduções de nome de filme que não me deu vontade de vomitar nos últimos anos) é uma pérola da comédia, da tensão, do drama… Enfim, uma pérola Tarantinesca! Eu não sou crítico de cinema, meus elogios e críticas vão simples e puramente daquilo que eu vivenciei durante o filme. E Inglourious Basterds foi um filme que me fez sair animado de ter gasto minha sexta à noite num programa tão divertido. Sem falar que é sempre bom ver nazistas sendo massacrados, torturados, queimados, aniquilados e escalpados. Ah, é! E tem o Brad Pitt também, para as moçoilas.

District 9

Sábado foi dia de alegria, foi dia de felicidade (nota do editor: a piada só tem graça se você falar rápido e embolar as letras) de assistir District 9. Desde o primeiro trailer que eu vi, eu já empolguei com esse filme. Não por ter aliens, não por ser ambientado em um lugar diferente do que a gente costuma ver nos blockbusters… Mas pelo pano de fundo que conduz a história. Eu não sou nenhum professor de história, mas não é difícil fazer as ligações que o filme tem com a vida real, e os preconceitos e segregação que milhões de pessoas sofrem todos os dias. Mais do que um tapa na cara de quem nunca parou pra pensar no assunto, eu acredito que District 9 (ou “Distrito Nove”) é um filme que precisava ser feito, em um tempo em que a humanidade está revendo suas crenças e valores. Peter Jackson não poderia ter escolhido época melhor para investir em um filme que vai te fazer refletir sobre os futuros passos que você quer dar, e sobre o que você vai ensinar para os seus filhos.

Benvenuto, David!

Sábado também foi dia de um churrasquinho pra comemorar a chegada do namorado italiano de uma amiga de um amigo italiano, que se tudo der certo, veio pra ficar. Nada melhor do que juntar os amigos mais divertidos, a carne mais gostosa, o ambiente mais relaxado, a vista mais perfeita, na casa mais bonita… Enfim, vocês entenderam, né? Se você mora em um lugar que não tenha cinema, ou se você já viu todos os filmes que estão em cartaz, a dica é juntar os amigos e preparar aquele comes-e-bebes pra todo mundo rir e curtir junto.

Marcelo Adnet - o homem, o show!

Por fim, pra fechar o domingo e o fim de semana, teve show de stand-up (“comédia em pé”, eca!) do cara que é sensação do momento na MTV Brasil, Marcelo Adnet. Olha, eu te confesso que logo que ele surgiu pro mundo, e o Bernardo (@becunha) veio me falar do 15 Minutos e tal, eu fiquei bem com o pé atrás, receoso mesmo. Aquela coisa toda, né: “a MTV não é mais a mesma, não tem mais graça, olha o Marcos Mion ai como prova…”, coisa e tal. Ainda bem que eu deixei a preguiça de lado e fui conferir o programa do cara. E mais ainda bem ainda que eu comprei meu ingresso pro show dele no dia seguinte que haviam anunciado! Sem hipoglos hipocrisia nenhuma, o show do cara é fan-tás-ti-co! (Fui procurar um Instant Fantástico e não existe no mundo das interwebs. #fail) Nem o atraso de uma hora, a fila que se dobrava nela mesma, e o medo e a tensão de não me deixarem entrar só com a carteirinha de estudante -  sem precisar mostrar o comprovante de matrícula – ofuscou o brilho do cara, e tudo valeu a pena! Tudo bem que eu já tinha visto ele fazer alguma – uma ou duas, vai – das piadas naquela vez que ele foi no programa do Jô, e que uma parte grande (pra mim, pelo menos) do show foi sobre futebol. Compensaram: a empolgação que ele entrou no Dani, beijomeliga! ;)palco, as gargalhadas sempre constantes durante a uma hora de show, e a presença mais que perfeita, e toda caipiresca, da Dani Calabresa!  Não sei se é em toda apresentação que ela aparece, ou se é porque a guria é de Uberaba – é isso mesmo, todo mundo confirma? –, e a família dela tava na platéia hoje. Só sei que foi uma aparição divertida, que enriqueceu o show, principalmente por causa da mini-saia FANTÁSTICA (cadê a PORRA do Instant Fantástico, interwebs? ò_ó) que deixou as perrrnocas da moça toda de fora! Obrigado pelas mini-saias, Papai do Céu!😀

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s