Estúdios Disney Completam 50 Animações

Estréia hoje nos Estados Unidos a nova animação dos estúdios Disney. Tangled conta a história da Rapunzel, através da ótica Disney.

Além disso, o filme é a 50ª animação longa-metragem produzida pelos estúdios – desconsiderando os filmes em parceria com a Pixar.

Aproveitando o lançamento, e para comemorar esse marco, a Disney lançou o filme abaixo, relembrando a história dessas cinquenta animações. Eu, que sou um entusiasta disney, aproveitei para tecer comentários pessoais sobre algumas das animações. Você pode ler todos eles, após o jump.

Tangled – que recebeu o horrível, mas justo nome de “Enrolados” – estréia no Brasil no dia 7 de Janeiro.

 

 

Eu odeio a Branca de Neve. E a Cinderella. Acho o Pinóquio, no mínimo, ridículo.

Fantasia foi, por muito tempo da minha infância, um filme proibido, de tão chato que eu achava.

Eu nunca assisti Bambi. Nem Aristogatas. Aliás, esse último eu nunca vi, sempre odiei. Também nunca assisti Peter Pan, e recentemente tentei ver o DVD, mas não tive saco pra passar da cena inicial, onde a Wendy e os garotos pulam nas camas.

Pra mim, Alice No País das Maravilhas é a maior viagem de ácido já concebida em animação 2D. E tem que assistir muito locão pra gostar.

A Dama e o Vagabundo foi, por um tempo, meu filme preferido na infância. Sempre quis imitar a cena do macarrão.

A TríadeMesmo achando a Aurora umas das minhas Top 3 princesas, e respeitando o Philip por ser o ÚNICO principe que realmente luta pela sua princesa, só esse ano que eu fui ver Sleeping Beauty, no DVD Platinum.

Ariel, de A Pequena Sereia, também entra no meu Top 3 Princesas.

A Bela e a Fera foi responsável por moldar parte do meu caráter. E a Bela completa o meu Top 3. Smiley piscando

Aladdin é a síntese do anti-herói! O Rei Leão é pura nostalgia. E eu acho que esses dois foram os primeiros contatos que eu tive com qualquer tipo de filme.

Pocahontas é chato pra caralho. E O Corcunda de Notre Dame é feio de doer! E eu não confio em personagem principal que não pega a mocinha em alguma momento da história.

Hércules foi o primeiro filme que eu assisti sozinho no cinema. Sou louco pra comprar o DVD até hoje, mas nunca achei vendendo. Foi a primeira trilha sonora que eu comprei, em inglês. É perfeita!

Mulan colocou as mulheres em seus devidos lugares! Smiley piscando

Conheci Phil Collins através de Tarzan. Agradeço muito. Ambos são excelentes!

A Nova Onda do Imperador é motivo de piada interna no meu grupo de amigos.

Lilo & Stich e Ohana.

Eu roubei um DVD de The Treasure Planet do centro de entretenimento do Vista Way – o condomínio que eu morei no primeiro programa que fiz de trabalho na Disney. Mais um souvenir proporcionado pela experiência de ser cast member.

Brother Bear, e eu choro todas as vezes na cena em que o Kenai conta pro Koda o que aconteceu com a mãe dele. Smiley triste A trilha sonora também é espetacular. A Disney precisa chamar o Phil Collins mais vezes.

Meet The Robinsons pode não ter feito o sucesso merecido, mas é um filmaço que me arrancou rios de lágrimas. Me lembrou a vida do próprio Walt Disney. E na trilha sonora tem Rob Thomas, com uma das músicas mais tristes que eu já escutei na vida – Little Wonders.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s