Sobre Deus, Nossas Escolhas e Planos

Livre arbítrio: crença ou doutrina filosófica que defende que a pessoa tem o poder de escolher suas próprias ações.

Onisciência: capacidade de saber tudo infinitamente, incluindo pensamentos, sentimentos, vida, passado, presente, futuro, e todo universo, etc. A.k.a.: Plano Divino.

Vejamos, se Deus já sabe o que vai acontecer no futuro, então você não tem tanta liberdade de escolha quanto imaginava, concorda?

Humanos, decidam-se: ou vocês acreditam que Deus lhes deu o dom da escolha racional dos próprios atos, e aceitam que tudo aquilo que acontecer será resultado dessas escolhas, sejam elas boas ou ruins, determinando então que Deus lhe deixou extremamente livre para realizar qualquer tipo de ato que quiser, sem propriedade para punições eternas; ou vocês aceitam que toda a sua existência já está traçada, e que vocês não passam de escravos nas mãos de um poder maior. Neste último caso, vale lembrar que Deus então estaria de acordo com crianças morrendo de fome, assassinos, estupradores,políticos, advogados, publicitários, armas de destruição em massa, e tudo de mal e ruim que existe neste mundo. Porque tudo faz parte do “plano divino”.

Francamente, essa é uma das questões que me dão nojo em qualquer religião. Em teoria, Deus tem um plano traçado pra cada ser vivo da existência. Sim, aquele bebê que morreu de fome na África, antes que a AIDS o matasse, foi Ele quem quis. E você até tem todas as possibilidades para escolher qualquer ato ou ação em sua vida – contanto que a sociedade não corte suas asinhas. Mas mesmo tendo todo o aval divino para fazer suas próprias escolhas, se você não adorar, temer, rezar, chupar as bolas, à Ele, bem… Digamos que o Inferno é um lugar bem quente.

Constantine

“Deus é uma criança com uma fazenda de formigas, moça. Ele não está planejando nada.”

Às vezes as pessoas me perguntam: “Mas Igor, você não acredita em Deus?”. Não é porque eu não acredito no seu Deus, que eu não acredito em Deus nenhum. A verdade – a minha, pelo menos – é que, Deus não está nem ai. É muita arrogância nossa pensarmos que somos a única criação que merece atenção, cuidados e amor, em um universo que descobrimos a cada dia ser muito maior do que imaginávamos. É ainda mais arrogância pensarmos que, depois de tanta burrice, tantos erros – putz, se a bíblia estiver minimamente certa, os seres humanos assassinaram a sangue frio a encarnação viva do próprio Deus! –, que qualquer ser onipresente ainda quisesse prestar atenção no que acontece por aqui. Sim, eu acredito em Deus. Eu só acho que Ele não está nem aí pro que acontece, ou possa vir a acontecer com os seres humanos.

a-batalha-do-apocalipse

Mesmo sendo obviamente uma obra de ficção, o livro do Eduardo Spohr – A Batalha do Apocalipse – apresenta uma idéia que vai muito de encontro à crenças que eu já tinha antes mesmo de ler a história. [SPOILER ALERT] Ao fim do Sétimo Dia da Criação – que descobrimos que não são “dias”, mas Eras que se arrastaram por milhares de milhões de anos –, Deus simplesmente adormeceu, para descansar do árduo trabalho que completara. Eu não vou nem entrar no mérito da discussão de que um ser onipresente, onisciente, oni-poderoso-pra-caralho, precisa descansar! O meu ponto é que, no livro, Deus não teria dormido, e sim “se matado”, para dar à todas as almas humanas o poder do Livre Arbítrio. Cada ser humano teria um pedacinho da essência divina em seu ser, e Deus ainda estaria “vivo” no coletivo humanidade. [/SPOILER ALERT]

Acho que o que eu estou tentando dizer é que, pra mim pelo menos, Deus existe. Deus criou a humanidade em um longo e complicado processo de desenvolvimento genético, mutações, experimentações, etc e tal. Deus viu que a humanidade tinha potencial, e lhe deu mais poder do que deveria. Os seres humanos cagaram no “plano divino”, e Deus simplesmente pensou: “Quer saber?! Que se foda esse planetazinho azul de merda e esse bando de macacos superdesenvolvidos! Cansei, eu vou é viver a minha vida. Eles que se fodam sozinhos.”

Agora, o que me intriga é: por que diabos Deus não simplesmente desfez tudo com um estalar de dedos? Por que deixar que os seres humanos sejam os responsáveis pela sua própria destruição? Será sadismo? Será punição? Piada de mau gosto, talvez? Ele realmente não se importa a ponto de se preocupar com que fim teríamos? Será que ele sabia que o tempo de vida da humanidade, se comparado à existência do Universo, não passa de um soluço? Ou será que o cara é trouxa crente sufiente, ao ponto de ainda ter esperanças de que os seres humanos acharão o próprio caminho para a Salvação?

Um comentário sobre “Sobre Deus, Nossas Escolhas e Planos

  1. acharam o caminhosim…o caminho é jesus! ele é o caminho e exemplo acharmos a salvação ! enquanto a folego de vida a esperança ! muitos ja acharam esse caminho outros estão procurando , outros perdidos….

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s