Sobre encalhes, golfinhos e Ingrid Visser

No dia 05 de março, cerca de 20 golfinhos encalharam nas areias da Prainha, em Arraial do Cabo. Os moradores e banhistas que estavam ao redor, após a surpresa inicial de verem os animais nadarem em direção à praia e ficarem agarrados, correram para ajudar. O mais fantástico? Toda a ação foi gravada em vídeo e não dura nem quatro minutos!

Um encalhe é extremamente estressante para os cetáceos e, dizem os cientistas, podem traumatizar um animal pelo resto da vida. Principalmente se o resgate for demorado, alguns animais não conseguem sobreviver nem mesmo após terem retornado ao mar. Neste caso, pela rapidez do salvamento, o “erro de percurso” talvez não deixe sequelas nos golfinhos.

Encalhes de golfinhos e baleias não são raros, mas nos últimos anos os números de ocorrências tem assustado os cientistas. Alguns culpam a intervenção direta do homem no reino marinho, através de sonares, plataformas petroquímicas, e demais construções que interferem no senso de direção dos animais, principalmente com a ecolocalização dos golfinhos. Outros afirmam que são as mudanças climáticas que vem afetando os sonares biológicos dos animais.

orca research trust

Quem faz um trabalho fantástico com animais encalhados é a doutora Ingrid Visser. Ela criou a "Orca Research Trust", uma organização não-governamental empenhada em educar as pessoas, coletar informações e proteger as Orcas da Nova Zelândia. A ORT possui uma “orca hotline”, em que as pessoas podem ligar em casos de avistament0 ou encalhe de orcas. É imensa a quantidade de gente que avisa e, por causa dessas pessoas, a cientista já conseguiu salvar um bom número de golfinhos e baleias assim. [clicar na imagem acima vai te levar pra página do projeto, no Facebook]

No primeiro vídeo abaixo, a doutora Ingrid e voluntários tentam salvar um grupo de baleias piloto que encalharam na costa norte da ilha sul da Nova Zelândia, em janeiro deste ano. No segundo vídeo, a doutora e outros voluntários tentam salvar uma orca macho, no fim de 2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s