O drama adolescente de Finding Carter

finding carter 01

Como você se sentiria ao descobrir, em plena adolescência, que a mulher que te criou sozinha e que você ama, não é a sua mãe verdadeira? Pior, que você não é fruto de uma adoção, mas foi uma criança raptada aos 3 anos de idade?

Essa é a história contada na série Finding Carter, que estreou no começo de Julho, na MTV americana. Como você pode imaginar, pelo canal em que passa, a história tem uma pegada de drama adolescente, com os personagens experimentando amores, drogas e demais possibilidades que aparecem em suas vidas. Mas isso não quer dizer que a qualidade seja ruim, muito pelo contrário!

A série explora muito a inconsistência na vida de Carter, vivida pela atriz Kathryn Prescott (ex-Skins), hora lutando para não acreditar que a mulher que a criou tão bem seja essa pessoa horrível que todos dizem, hora tentando apreciar sua nova casa, o lar de onde foi roubada. Para piorar a situação, a sua mãe biológica (interpretada por Cynthia Watros, ex-Lost) é policial e caça incansavelmente a “outra mãe” de Carter, que agora é uma fugitiva da polícia. Uma situação que gera diversas discussões e um clima nada agradável entre mãe e filha. Você sabe, como qualquer família comum. Quer mais drama no seu café? Então toma um casamento em ruinas, que ainda sofre com o desaparecimento da filha e, mesmo com o seu retorno, não parece conseguir voltar a ter uma boa sintonia!

Finding Carter Cast1.jpg

Os personagens secundários ajudam a manter a série com um humor e qualidade interessante – uma salva de palmas pessoais para Alex Saxon, que interpreta o “viajadão” Max, o amigo que todo mundo queria ter -, sem ofuscar o talento de Prescott. O núcleo adolescente promete render boas histórias, como o trauma sexual sofrido pela amiga e artista Bird, a chegada do bad-boy Crash e o contraste entre Carter e sua irmã gêmea, Taylor – a protagonista recebeu uma educação livre, frequenta festas e é popular, enquanto sua contraparte que cresceu em um lar envolto em medo e receio é tímida e vive para os estudos.

Na parte adulta da série, acompanhamos o pai de Carter, David (interpretado por Alexis Denisof), lutando contra uma dívida acumulada nos anos que buscava pela filha e tentando escrever a sequência do livro que contou o drama de sua família, ao mesmo tempo em que tenta salvar seu casamento. No geral, a história te convida para uma reflexão interessante, prometendo uma trama próxima à realidade, onde as coisas possuem tons de cinza e não são simplesmente preto no branco, como a maioria das tramas voltadas para o público young-adult costuma passar.

Vale destacar às interpretações das atrizes e as personalidades fortes de suas personagens na série. Carter não leva desaforo para casa e, mesmo imersa em um novo mundo, tenta balancear as convicções e certezas do modo livre em que foi criada e as novas regras da realidade em que se encontra; Elizabeth (Cynthia Watros), a mãe biológica de Carter, brilha hora como uma mãe autoritária, hora como uma pessoa que teve a filha roubada e morre de medo de perdê-la novamente; Lori (Milena Govich), a mulher que raptou Carter na infância, parece esconder algum segredo sobre a garota e te deixa confuso se os sentimentos são reais ou se ela não passa de uma sociopata.

O final da primeira temporada (12º episódio) está agendado para ir ao ar no dia 16 de Setembro de 2014 e uma segunda temporada, com mais 12 episódios, já foi encomendada pela MTV americana. “As mentes criativas por trás de ‘Finding Carter” fizeram um trabalho excepcional em trazer esta história à vida e atraindo a nossa audiência”, disse a presidente de programação da MTV, Susanne Daniels. “Eu estou ansiosa para mais uma temporada seguindo Carter em sua jornada.”

A previsão para estréia da série no Brasil é  2015, pela própria MTV.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s